quarta-feira, novembro 05, 2008

quase caía..


Eu quase cai da cama..
E ia dar com meus sonhos no chão,
Mas também, acabaria com os pesadelos, então.

Eu quase cai da cama..
E ia espalhar aos quatro cantos meus pensamentos,
E todos agora os saberiam, então.

Eu quase cai da cama..
Mas, não caíriam meus sonhos, meus pensamentos, pois não,
O desequilibrio das pernas, segurei com as mãos.

Tudo quase caia da cama, mas meus devaneios, não.

[eu]

_________

Porque as pessoas não vivem suas próprias vidas?
Porque insistem em querer mudar o curso de um destino que não é seu?
Custa perguntar se queremos fazer as coisas?
Custa respeitar o que não se quer?
Cadê aquela sensação de liberdade que estava aqui?
o gato comeu, o gato comeu..

Mas meus sonhos não caem, por que isso eu não deixo. E, ninguém pode mudar.
Tudo isso tem cor e cheiro de vermelho.

ouvindo : Mombojó - Fatalmente.

4 comentários:

Owwwwwn (: disse...

continue postando o que vc escreve...sempre me faz refletir ;)

''Porque as pessoas não vivem suas próprias vidas?''
Talvez porq não saibam ou não queiram. =/
Infelizmente acontece isso. Quer se meter onde não é chamado ¬¬

Mas como vc mesma diz , SUPERA! por que ? porq vc é DIVA! :)

quando cresceer quero ser assim , que nem você!
xD

te amo.

Café no sangue cura. disse...

quando crescer quero ser assim, que nem voce [2] haha :)

"tudo quase caia da cama, mas meus devaneios, não", isso foi otimo!
espero ter o prazer de ler mais coisas suas ;)

:* hasta lo gin!

Gabriela Cardoso disse...

seu blog ficou bem melhor com seus versos nele, adoro!

Dual disse...

Ciao passavo da qui e ti lascio un saluto!!
Dual!