domingo, novembro 02, 2008

é.


"Às vezes quero tudo que sonhei,
Às vezes o que eu quero é desistir"
[roubado de algum lugar, não sei do autor, mas é cabível]

_______

Deixando os pássaros voarem
Se quiser ir de uma vez, vá
Mas, não me solte aos poucos
Dói mais.

Sangrando em pequenas quantidades
Sentir o frio possuindo as cavidades,
Diga que quer ir e vá
Dói menos.

Do que preciso eu mesma sei e posso cuidar. Eu tenho medo é do que não preciso.

[essa é minha]


_____

beijo nos lindos(as).

7 comentários:

Gabriela Cardoso disse...

aaaaaaaaaaaaahhh, adorei o que tu escreveu... e mais uma vez me encontrei nele.

rs rs rs


beijos flor

carteirodopoente disse...

anne
linda fuzarcadedoido
beijos
tadeu

Owwwwwn (: disse...

sempre as melhores palavras!
posso roubar a ultima parte de sua poesia ?

''Do que preciso eu mesma sei e posso cuidar. Eu tenho medo é do que não preciso.''

*-*
eu coloco seus creditos ~.~

(L)
beijosmeliga

Carla Silva e Cunha disse...

ola


ADOREI...por isso voltarei

carla

http://www.arte-e-ponto.blogspot.com

Albert Elliot disse...

Você se supera a cada post.

Café no sangue cura. disse...

"eu tenho medo do que não preciso".

é, voce escreve muito bem!
me agrada ler palavras de quem escreve assim :)

:*

Carla Silva e Cunha disse...

ola

obrigado pelo simpatico comentario.

gosto do seu blogue e por isso passarei por cá mais vezes.

Boa semana

http://arte-e-ponto.blogspot.com