segunda-feira, agosto 25, 2008

música, música pá!


Há muito tempo venho pensando em escrever sobre isso, mas como eu sempre acho que tudo que eu escrevo é ruim, fui adiando. Chegou a hora.

Sempre soube que a música tinha um valor enorme na minha vida, por vários motivos. Hoje escutando uma música do Creed, que marcou uma época muito especial, tive uma sensação boa de revival, uma ternurinha mágica que bateu em forma de saudade daqueles tempos em que tudo era intenso e colorido.
Putz, fiz uma viagem de 6 anos no túnel do tempo!
Que época boa, viu? Senti saudades, até as borboletas no estômago foram as mesmas. E foi a música, única e simplesmente que me remeteu a isso. Palavras transcritas na voz de uma pessoa que eu nunca vi me fizeram sentir uma coisa tão íntima.
A música já me fez fazer tanta coisa.
A partir daí me vieram várias outras músicas, momentos, imagens, sensações, que coisa boa!
Até coisas que não vivo há muito tempo já estão ligadas a música. Na verdade, tudo é ligado.

Esse tipo de relação "invisivel" é incrivel.
Como uma pessoa que possivelmente escreveu um texto baseado nas suas emoções ou em suas fantasias pode transforma-lo em algo tão denso e tocar tão fundo outras tantas pessoas?
Sem falar na condição de que às vezes o sentimento que é transmitido se muta assim que chega a cada coração, ou ainda continua o mesmo, intacto. É lindo!
Até coisas desagradáveis não conseguem ser apagadas quando é memória musical.
É tão bonito ver a emoção das pessoas com relação à música, ela separa multidões assim como une também. Ela pode ser agente de transformação social, forma de adoração, de culto, de desespero, de desabafo, de transmição de conhecimento ou de nada disso.
Cheia de formas, ritmos, cores, hoje ela me tocou mais fundo!
E que ela toque todo mundo.

Bem o post nem era bem esse mas chega.
Um trechinho da música que me causou tudo isso hoje:

Hide- Creed
"To what do I owe this gift my friend,
My life,
My love,
My soul,
I've been dancing with the devil way too long,
And it's making me grow old,
Making me grow old,

(Chorus)
Let's leave,
Oh let's get away,
Get lost in time,
Where there's no reason left to hide,
Let's leave,
Oh let's get away,
Run in fields of time,
Where there's no reason left to hide,
No reason to hide,

What are you going to do with your gift dear child?,
Give life,
give love,
give soul,
Divided is the one who dances,
For the soul is so exposed,
So exposed.."

ouvindo : Kimdracula - Deftones.

2 comentários:

Mai disse...

música! música! música!

EdpeppeЯs disse...

acredito nos sinais das músicas. elas estão cheias de sentimentos e verdades.
a sintonia é inevitável.