segunda-feira, julho 14, 2008

hoje é dia de maria.


Tive uma insônia maldita essa noite.
Mal dormir e pesadelos horríveis, coisa de dar medo. Nunca mais tinha me sentido assim e não gostei nada.
Acordei com a sensação ruim com a qual tinha dormido, a mesma que tinha me feito mal e feito mal também à terceiros.
Mesmo assim, com sono, dor de cabeça e sem conseguir comer fui à aula, me distrair talvez. Chegando lá, já na aula de literatura (*_*), falava-se sobre "Viva o povo brasileiro - João Ubaldo Ribeiro" e eu, sentei-me, disperssa em meus pensamentos.
Como num passe de mágica, eu ouço o nome Maria da Fé, personagem do livro, que tem toda uma história envolvente e encantadora, como todos os outros, mas, ela é especial.
Ela é a "personificação" da coragem, da luta, da busca de seus objetivos que eram também os de todos. Ela lutava pela uniformidade e justiça e não fugia à luta, mesmo com todo passado de dor e sofrimento.
Ela virou lenda!
E foi ela, que hoje, mesmo que sendo transmitida atraves da fala de outra pessoa, me transformou em Maria também.


__________________
anne

*minha vida tem parecido um livro ultimamente.
que loucura!
hoje tô melhor que ontem e amanhã, com fé em Jah, vou estar melhor que hoje, à espera do próximo capítulo.
mesmo que eu não tenha a força ou ela me abandone às vezes, eu quero ser sempre Maria e não desistir nunca.

=***

ouvindo: Amy Winehouse -[My] tears dry on their own.

Um comentário:

Sol disse...

"Pousa-se toda Maria
No varal das vinte e duas fadas nuas lourinhas...

Tô vitimado no profundo poço
Na poça do mundo, o seu amor vai chover
Sua pessoa, Maria
Mesmo que doa, Maria
Sou a pessoa Maria
Mesmo que doa, Maria"

Você é Maria, eu sou Maria e assim só pode ser quem for "Maria de Verdade".